Postagens

Mulheres lendo mulheres

Imagem
A Biblioteca Beatriz Schwab, uma iniciativa da Chamaeleon, inicia a campanha Mulheres Lendo Mulheres para democratizar o acesso ao livro e valorizar institucionalmente a leitura, incrementando seu valor simbólico como instrumento de mudança social para os atendidos do Instituto. O objetivo desta campanha é enriquecer a programação cultural da biblioteca e promover o produto livro, disponível na plataforma nos formatos áudio e digital. Na Biblioteca Beatriz Schwab, estão disponíveis os conhecidos e-books e diversos audiolivros. Ambos formatos podem ser acessados de relógios inteligentes, celulares, tablets e computadores (mesa ou lap top). Os títulos são os melhores do mercado editorial e os escritores reconhecidos nacional e internacionalmente. Com a pandemia, surgiu a necessidade de ofertar serviços de biblioteca aos leitores, que antes só poderiam pegar o livro fisicamente no instituto. Agora, a Chamaeleon já tem uma biblioteca digital para chamar de sua. Em 2021, a Tocalivros presen

Depoimento

Colhemos um depoimento de uma moradora local, a senhora Maria Domingas, para registro e comprovar a eficiência do nosso projeto em área periférica.  As exibições do Cineclube Transversalidades tem o apoio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF (SECEC) e do Governo do Distrito Federal. Quase todos os filmes desta nossa Mostra são distribuídos pela Taturana Mobilização Social, que gentilmente nos concedeu o direito de exibição. A todos, o nosso muito obrigado.  

A vez dos meninos

 Nossas exibições - mesmo que o público primeiro sejam meninas e mulheres, até pela temática das nossas exibições - também têm um público masculino. É preciso combater o machismo envolvendo meninos desde cedo. Dois pequenos, inteligentes e sensíveis gravaram um depoimento sobre o cineclube Transversalidades. 

As espectadoras também falam

Como é bom quando as espectadoras nos pedem para voltar. Selecionamos dois depoimentos de mulheres interessadas no audiovisual brasileiro. A primeira é a Karol Jhenifer, uma jovem sonhadora. O segundo, da Sônia Ferv da Silva, mãe engajada e líder comunitária. Ambas são moradoras da Cidade Estrutural. Nosso Cineclube Transversalidades se orgulha de levar cultura, especialmente o cinema, e debates importantes para moradores de lá. As exibições do Cineclube Transversalidades tem o apoio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC), da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF (SECEC) e do Governo do Distrito Federal. Quase todos os filmes desta nossa Mostra são distribuídos pela Taturana Mobilização Social, que gentilmente nos concedeu o direito de exibição. A todos, o nosso muito obrigado.

Imagine uma menina com cabelos de Brasil | Screening Privado

Imagem
 

Depois que te vi | Screening Privado

Imagem
 

Imagine uma menina com cabelos do Brasil - 3ª sessão. Exibição 2

Imagem
O debate sobre racismo e preconceito também é uma constante no Transversalidades. E esse é um tema que encerra nossa Mostra, mas que não acaba quando sobem os créditos. Após as exibições, há uma multiplicação de ideias pelos espectadores com seus pares, vizinhos, parentes. Nossa intenção é de forma lúdica educar crianças sobre seu cabelo e a geografia dos países como linha de representação dos povos. Entre caretas e escovas, as viagens de uma menina em busca de aceitação em debate com nossos convidados e público. #PraCegoVer : Banner virtual do Cineclube Transversalidades Edição 2021. Há fitas de filmes ilustrando o banner. No topo, o nome Cineclube Transversalidades em caixa alta, sendo projetado de uma câmera de gravação. No meio do banner, o cartaz do filme Imagine uma menina com os cabelos do Brasil posicionado à esquerda. De corpo inteiro, uma menina com expressão séria está com seus cabelos bem volumosos cobertos integramente com um lenço. Sinopse curta à direita da imagem. Na ba